E

stás à procura de cursos através dos quais possas melhorar as tuas competências tecnológicas? E com isso mudar ou progredir de carreira? Boa aposta! O setor das tech oferece atualmente inúmeras oportunidades, quer para quem procura dar um novo rumo à sua carreira, quer para os profissionais que pretendem escalar, agarrando novas oportunidades de desenvolvimento e progressão. É o setor onde os empregadores têm maior dificuldade de contratar o perfil certo e, também por isso mesmo, é, regra geral, melhor remunerado do que a maioria das indústrias. E a pressão salarial tende a aumentar. 

Um mercado liderado pelo candidato e no qual as empresas já estão habituadas a “abrir os cordões à bolsa”. Além disso, é o setor onde é mais provável que encontre um trabalho com possibilidade de trabalhar de forma totalmente remota, têm vindo a revelar os estudos e investigações sobre este tema. 

Com a atual falta de talento, há já vários cursos e formações que preparam os formandos para o mercado de trabalho, com uma vertente muito prática e taxas de empregabilidade quase sempre superiores a 90%. E há escolas onde nem a idade, nem a inexistência de noções de código ou de experiência em IT são impeditivos para investir numa carreira nas tech

Dos bootcamps aos cursos online, estas cinco formações prometem melhorar as tuas skills detech

1. 42 Lisboa 

Na 42 Lisboa não há limite de idade, nem requisitos académicos ou de experiência. Para apresentares a tua candidatura à 42 Lisboa precisas apenas de, em primeiro lugar, completar dois jogos online de lógica. Se passares nesses jogos, terás pela frente a prova de fogo – a Piscine – um bootcamp intensivo, de 26 dias, de segunda a domingo, que requer um grande esforço por parte dos candidatos. No final, os alunos selecionados terão a oportunidade de fazer parte da escola de programação fundada em Paris em 2013 e em Portugal desde o ano passado, uma referência internacional. Mas há algumas particularidades nesta escola: todos são alunos e professores ao mesmo tempo, não há horários, a escola está aberta 24 horas por dia, 365 dias por ano, o curso é 100% gratuito e promete uma taxa de empregabilidade igualmente de 100%. 

O público-alvo é bastante heterogéneo: há profissionais que pretendem mudar de carreira, alunos de 18 anos que decidem aprender a programar, em vez de irem para uma faculdade, e também programadores que tencionam melhorar e aprender mais sobre programação. 

Mais informações aqui

2. LinkedIn Learning 

As redes sociais também servem para aprender. Há quase uma centena de cursos no LinkedIn Learning disponíveis em português, e de forma gratuita. A formação abrange várias áreas, como soft skills, gestão de projetos, serviço ao cliente, vendas e análise de dados. Estes cursos, pensados para os profissionais do futuro, são fruto da união entre o LinkedIn Learning e a Microsoft, que tem como objetivo disponibilizar novas vias de aprendizagem gratuitas. 

Além disso, existe uma lista de cursos em inglês direcionados para os dez empregos com maior número de vagas publicadas no LinkedIn, em 2020, em crescimento constante nos últimos quatro anos, com salário acima da média e que exigem competências que podem ser aprendidas online. No setor da tecnologia destacam-se os cursos de software developer, IT administrator, IT support/helpdesk e data analyst

Acede aos cursos em português aqui e aos conteúdos formativos em inglês aqui

3. Academia de Código 

À semelhança do perfil dos alunos da 42 Lisboa, a Academia de Código recebe anualmente estudantes com os mais diversos backgrounds – desde doutorados a pessoas com o 9.º ano de escolaridade – e idades, oscilando entre os 18 e os 53 anos. A taxa de empregabilidade é, também, muito alta (95%), sendo que os alunos saem preparados para desempenhar funções de junior fullstack software developer, assumindo cargos de programação backend, frontend, fullstack ou mobile, dando a Academia de Código apoio na colocação dos recém-formados, com um equipa dedicada, trabalhando em conjunto com mais de 50 empresas parceiras, como é o caso da Deloitte, Capgemini ou a Critical Software. Desde 2015, ano em que começou a funcionar em Portugal, a escola já transformou a vida de mais de mil talentos. Hoje são todos programadores. 

Se quiseres fazer parte desta estatística, podes submeter a tua candidatura à escola de programação, que abriu vagas para os bootcamps em Lisboa, Porto e ilha Terceira, nos Açores. Os bootcamps de 14 semanas dirigem-se a pessoas com mais de 18 anos, desempregadas ou que queiram mudar de carreira, através de uma formação em tecnologia. 

As candidaturas devem ser feitas através do site da escola

4. Ironhack 

Se o que pretendes é algo mais específico, a Ironhack pode ser uma boa opção para ti. Esta escola tem cursos de web development UX/UI design, data analytics e cibersegurança. Os formatos são flexíveis e adaptados às tuas necessidades, podendo ser remoto ou no campus, a tempo integral ou pós laboral. 

Neste momento, a Ironhack está a preparar mais uma edição do curso intensivo de data analytics, que pretende preparar os alunos com as competências necessárias para ingressar no setor tecnológico. O bootcamp, em regime presencial, no campus de Lisboa, tem início marcado para 17 de janeiro e termina a 18 de março. Os candidatos devem ter mais de 18 anos, um domínio intermédio da língua inglesa e cumprir o trabalho prévio de preparação. O curso oferece várias modalidades de pagamento, entre elas o “Acordo de Rendimento Partilhado”, que possibilita candidatos com menos capacidade financeira pagarem o seu curso apenas depois de ingressarem no mercado de trabalho. Esta é uma iniciativa promovida em parceria com a Fundação José Neves. 

Sabe mais aqui

5. Coursera 

A última sugestão que te damos são os cursos online e gratuitos da Cousera, ideais para quem quer impulsionar a sua carreira e investir na sua formação contínua. As aulas são virtuais e ministradas por universidades de todo o mundo. A maioria dos cursos é gratuita, sendo que, se o aluno quiser obter o certificado de conclusão da formação, é necessário pagar uma taxa de emissão. 

A plataforma oferece uma enorme variedade de conteúdos de aprendizagem e as aulas podem ser lecionadas em diversas línguas. Nas tecnologias da informação vais encontrar cursos na área de inteligência artificial, data science, Internet of Things (IoT) e cloud. Se estás interessado em frequentar um destes cursos basta que realizes a inscrição na plataforma. 

Começa a aprender com a Coursera aqui.

Mais sobre 

Coverflex Recomenda

Ver Todos