N

um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e em constante mudança, os benefícios sociais extra salariais são fundamentais para uma empresa, tanto para atrair e reter talento, como para motivar as suas equipas. Mais do que nunca, os profissionais procuram outras variáveis além do salário para tomarem a decisão de se candidatarem ou de se manterem numa organização.  

E é aqui que estes apoios corporativos entram em ação. Os benefícios sociais fazem parte do “salário emocional” que gera uma onda de satisfação junto dos colaboradores e, como consequência, junto dos departamentos de Recursos Humanos, que fazem a gestão do capital humano da empresa.  

Compensações como fonte de produtividade nas equipas 

Mais do que alavancar o processo de contratação, os profissionais de RH têm uma missão muito importante dentro de uma empresa: garantir a valorização, motivação e retenção das pessoas que a compõem.  

De facto, os recursos mais importantes dentro de uma organização são as pessoas que, diariamente, dão a cara (o corpo e a alma!) pelo projeto que abraçam. Por isso, é essencial compreender a filosofia de que uma equipa feliz se traduz em maior produtividade e criatividade e em menor rotatividade dos membros.  

E não é exatamente isso que a equipa de Recursos Humanos procura – pessoas estáveis, felizes e produtivas, onde “satisfação” é palavra de ordem? Criar um ambiente positivo, onde os talentos realmente queiram trabalhar, nem sempre é fácil, mas reunimos aqui alguns exemplos de benefícios sociais que vão ajudar o teu departamento de RH nessa missão. 

Os principais benefícios sociais que retêm talentos 

1. Um mapa de férias e de folgas generoso  

Sabes aquela sensação incrível de ser sexta-feira? Ou quando entras naquele mood positivo de pré-férias?

Imagina a tua equipa sentir-se assim, diariamente.

Um plano de férias generoso, com dias de folga extra para momentos específicos (consultas,  dia de aniversário, festas na escola dos filhos) são um dos principais fatores de motivação no trabalho. Esta é uma das formas das empresas mostrarem a sua  preocupação e atenção pelo equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos colaboradores.  

2. Compensações flexíveis e adaptáveis  

Outro dos benefícios sociais que os colaboradores mais valorizam são as compensações flexíveis, em que cada pessoa pode escolher onde as quer gastar. Se uns preferem pagar despesas com creches/jardins de infância com esse orçamento extra, há quem opte por utilizá-lo em produtos de saúde e bem-estar, nas restantes despesas escolares dos filhos mais velhos e/ou na mensalidade do ginásio. Sem subsídios fixos que, muitas vezes, não se enquadram nas verdadeiras necessidades de cada um, esta é a resposta para garantir um sistema de benefícios adaptável a todos os membros da equipa. 

 

3. Descontos de colaborador 

De novos gadgets a farmácias, restaurantes, ou no ginásio. Quem não gosta de receber descontos exclusivos em marcas, bens ou serviços parceiros da empresa onde trabalha? A oferta de descontos apelativos em diferentes setores de mercado, recebidos pela exclusividade de trabalhar numa determinada organização, é também uma excelente forma de reter os colaboradores, fidelizando-os à marca que representam. E quem vem agradecer este gesto tão simples, mas tão eficaz? Os Recursos Humanos, claro! 

4. Seguro de saúde para toda a família 

Se há regalia valorizada pelas pessoas na hora de procurar emprego é, sem dúvida, um seguro de saúde abrangente e de qualidade, que acompanhe as suas necessidades e da sua família em caso de doença ou acidente. Se todas as vidas têm situações inesperadas, saber que, a qualquer momento, a empresa onde trabalhas te oferece um seguro de saúde com cobertura de despesas de atendimento, consultas ou hospitalização dá-te logo outro motivo para sorrir, certo?  

De facto, um pacote generoso de benefícios sociais oferecidos pelas empresas é essencial para encontrar, motivar e fidelizar os talentos – um dos maiores desafios que qualquer especialista de RH enfrenta. Por outro lado, estas compensações são as que menos custos acarretam a uma organização, mas que mais visibilidade têm junto das equipas. Isentos de SS e/ou de IRS, mas plenos em satisfação e bem-estar. Poderia haver melhor combinação de vantagens para uma empresa, para os RH e para os colaboradores?

Mais sobre 

Compensação

Ver Todos