A

largar a oferta de benefícios flexíveis e torná-la mais simples e intuitiva foram os objetivos da Metyis ao adotar a solução da Coverflex. Nos escritórios nacionais, os colaboradores têm dificuldade em resistir às despesas com Bem-estar e Ginásio. 

A ideia surgiu ao de leve, como vontade de suprimir um modelo mais tradicional e substituí-lo por outro, mais digital. A Metyis, consultora digital internacional que conta 16 escritórios espalhados pelo mundo, três dos quais em Portugal (em Lisboa, Porto e Faro), decidiu escolher a Coverflex como solução para o Cartão Alimentação - pela rede VISA, que garante um leque mais alargado de parceiros -, e acabou por adotar a solução da Wallet para os atuais 95 colaboradores. Porquê? Simples: para simplificar. 

A ideia surgiu ao de leve, como vontade de suprimir um modelo mais tradicional e substituí-lo por outro, mais digital. A Metyis, consultora digital internacional que conta 16 escritórios espalhados pelo mundo, três dos quais em Portugal (em Lisboa, Porto e Faro), decidiu escolher a Coverflex como solução para o Cartão Alimentação - pela rede VISA, que garante um leque mais alargado de parceiros -, e acabou por adotar a solução da Wallet para os atuais 95 colaboradores. Porquê? Simples: para simplificar. 

“Mesmo para uma empresa como a nossa, que está ainda em transformação de processos, percebemos a necessidade de rever o modelo mais tradicional que tínhamos. Temos seguros, bónus de performance, e vimos na solução da Coverflex uma mais-valia para poder integrar tudo naquilo que é a vossa oferta de serviços nessa área”, assinala Filipa Almeida, Office Manager da Metyis.  

A empresa, que trabalha fundamentalmente a consultoria nas áreas de IoT, Design e Big Data, prevê terminar o ano com uma equipa com perto de 200 colaboradores. E isso faz com que a oferta integrada da Coverflex seja uma ferramenta ideal para adaptar aquilo que oferecem como compensação às necessidades individuais de cada colaborador. 

Em Portugal desde 2019, depois da aquisição de uma startup e do rebranding da marca, a Metyis tinha uma plataforma que servia apenas para o pagamento do subsídio de alimentação. E, apesar de a maioria dos seus colaboradores nunca ter tido acesso a uma solução como a da Coverflex antes de conhecerem a Wallet, a necessidade de digitalização e simplificação dos processos falou mais alto na hora de evoluir para uma resposta mais personalizada ao desafio. “A perspetiva de sair de uma lógica mais tradicional e clássica entusiasmou os nossos colaboradores. A primeira grande vantagem que vimos com a Coverflex foi a utilização da rede VISA, que amplia a disponibilidade de opções do Cartão Refeição. Por aí, por si só, para nós é um ganho fazer esta parceria convosco. E também uma redução de custos pelo carregamento, que a Coverflex não cobra”, simplifica.

“A perspetiva de sair de uma lógica mais tradicional e clássica entusiasmou os nossos colaboradores. A primeira grande vantagem que vimos com a Coverflex foi a utilização da rede VISA, que amplia a disponibilidade de opções do Cartão Refeição. Por aí, por si só, para nós é um ganho fazer esta parceria convosco. E também uma redução de custos pelo carregamento, que a Coverflex não cobra”, simplifica.

Ranking dos favoritos

A primeira vez que ouviu falar da Coverflex foi via LinkedIn. Na altura, a solução pareceu a David Pedro, manager da Metyis, “mais prática e simples”. “Na linha de pagamentos de serviços e produtos que tirem partido, de facto, de benefícios ou vantagens fiscais que possam direcionar um maior valor líquido para o colaborador, a oferta é bastante completa, e propicia explorar essas vantagens”, adianta. 

E, ainda que a maioria dos colaboradores da Metyis use maioritariamente o Cartão Refeição via Coverflex, a adoção da plataforma acelerou outras dinâmicas. “A Coverflex foi um catalisador do processo de inclusão de mais benefícios. E um motor para integrarmos esses serviços de forma mais centralizada. O facto de ser digital torna a sua utilização fácil - com poucos cliques as pessoas sabem onde podem gastar, por exemplo -, e transforma a gestão. Para o próprio utilizador, e para a empresa, compensa a forma intuitiva como funciona”, sublinha o responsável.

Entre os benefícios mais usados pela equipa estão as despesas relacionadas com Saúde e Bem-estar e Ginásio e Fitness. É também nesta última área que a equipa aplica a maioria dos descontos usados disponíveis na plataforma.  

“A Coverflex vem permitir, com uma oferta alargada de benefícios, que seja o próprio colaborador a solicitar que o valor proveniente de prémios ou outras regalias possa ser creditado na própria linha de benefícios por, tendo essa oferta alargada, poder fazer uso do valor sem incorrer num risco - ou incorrendo num risco reduzido - de ficar com valores “presos” no cartão. Essa inversão do interesse em receber dessa forma o(s) valor(es) é um bom sintoma de que o cartão tem valor”, sublinha David Pedro, acrescentando que o seu benefício favorito é o Coverflex Infância. “Consigo canalizar valores para o pagamento do infantário, por meio de vale Coverflex Infância, o que, com as características fiscais do mesmo, aumenta, para mim, o valor deste processo e do cartão”.

“A Coverflex vem permitir, com uma oferta alargada de benefícios, que seja o próprio colaborador a solicitar que o valor proveniente de prémios ou outras regalias possa ser creditado na própria linha de benefícios por, tendo essa oferta alargada, poder fazer uso do valor sem incorrer num risco - ou incorrendo num risco reduzido - de ficar com valores “presos” no cartão. Essa inversão do interesse em receber dessa forma o(s) valor(es) é um bom sintoma de que o cartão tem valor”, sublinha David Pedro, acrescentando que o seu benefício favorito é o Coverflex Infância. “Consigo canalizar valores para o pagamento do infantário, por meio de vale Coverflex Infância, o que, com as características fiscais do mesmo, aumenta, para mim, o valor deste processo e do cartão”.

“Temos a Wallet ativa, mas em termos de expressão não tem a mesma utilização e movimentos. Creio que será um processo gradual e que, à medida que avancemos, vamos ter mais movimentos e fundos disponíveis na Coverflex. Isso vai motivar outro tipo de utilização por parte dos utilizadores”, sublinha Filipa Almeida.

Mais sobre 

Histórias

Ver Todos